O QUE SE SABE SOBRE SANTO ANTÓNIO ...

Aqui por Lisboa hoje é dia de festa! É a noite de Santo António, uma das festas mais populares de Portugal :) (sim sim estamos a puxar a brasa à sardinha ou não fosse a noite delas 😇) mas a verdade é que nem todas sabemos a história por trás desta tradição. Aqui fica:
Casamenteiro e amigo dos namorados, Santo António é um dos santos favoritos dos portugueses. Mas o que poucos sabem é que à função de padroeiro juntou uma outra - a de general do Exército Português.

Apesar de muito acarinhado pelos lisboetas que, todos os anos, celebram uma festa em seu nome, Santo António, é também um dos santos favoritos dos portugueses e um dos mais populares da Igreja Católica. Desde 1934 que é padroeiro de Portugal, juntamente com a Imaculada Conceição, de acordo com o designado pelo Papa Pio XI. Mas os títulos atribuídos ao santo lisboeta não se ficam por aqui.

Padroeiro da cidade de Lisboa, título que partilha (e disputa) com São Vicente, Santo António tem ainda sob a sua alçada os barqueiros, os marinheiros, os náufragos, os viajantes, os velhos, os pobres e oprimidos, as solteiras, as grávidas, as estéreis e os namorados e do casamento. 
É o protetor dos lares, da família, da pureza e é ainda advogado das almas do purgatório. É invocado sempre que um objeto é perdido ou para ajudar a encontrar pessoas desaparecidas ou emprego. Doutor da Igreja desde 1946, é um dos santos mais populares da Igreja Católica. A ele pedem ainda auxilio os que sofrem de problemas financeiros.


Venerado em Portugal, mas também no estrangeiro, a popularidade do santo é tal que todos o querem para si. Santo António de Pádua em Itália e Santo António de Lisboa em Portugal, foi preciso que o Papa Leão XIII lhe chamasse “o santo de todo o mundo” para resolver a questão. Afinal, é preciso não esquecer que António não é de ninguém — é de todos.

Às funções de santo e padroeiro, Santo António conseguiu ainda acumular uma carreira militar de sucesso, pela qual recebeu inúmeras distinções e medalhas. Tornou-se soldado durante a Guerra da Restauração, foi subindo de posto e lutou junto ao Regimento de Infantaria n.º 19 durante as invasões francesas. No Brasil, ajudou a afastar os holandeses da costa e em Espanha a conquistar territórios no norte de África. Na paz ou na guerra, Santo António sempre foi uma fonte de consolo e de força para aqueles que o procuravam.
Santo António, padroeiro de todos.

E esta hein?




Fonte: Observador, Pinterest

Comentários