INTROVERTIDA OU EXTROVERTIDA?

Quando se fala de alguém introvertido pensa-se logo em timidez e em alguém com poucas aptidões sociais. Mas não é bem assim ... já que ser-se introvertido é apenas uma característica de alguém que se sente mais estimulado por factores internos que externos, isto é, é uma pessoa cuja energia se dispersa mais na companhia de outras pessoas mesmo que se tratem de amigos ou pessoas com quem aprecie estar.

A sociedade aprecia as pessoas mais extrovertidas e desde cedo somos encaminhadas e treinadas para desenvolver aptidões sociais já que hoje em dia, até por isso somos avaliados. 

Por isso existem muitos falsos extrovertidos ao nosso redor, pelo que por vezes ficamos surpresas com as atitudes de quem pensamos conhecer. 

Mas para poder reconhecer um verdadeiro introvertido ou um falso extrovertido, deixamos 8 sinais que lhe permitem verificar se e quem se encaixa nessa personalidade:

1. Fica cansada com as conversas superficiais
Ao passo que as pessoas extrovertidas fazem questão de meter conversa por tudo e por nada os introvertidos não têm paciência para tal, não por que se considerem superiores mas porque lhes custa falar sobre algo que não têm um interesse real. 


2. Networking é algo que a destabiliza
Fazer networking, ou seja, conversar com pessoas estranhas com o principal objectivo de encontrar oportunidades profissionais, faz o introvertido sentir-se falso, pois procura sempre ser autêntico nas suas interacções sociais.

A solução para os introvertidos é investir no networking em grupos pequenos, e não em grandes ocasiões cheias de pessoas.

3. Fica sem energia depois de um "banho" de multidão
As multidões incomodam os introvertidos. Muita gente, muito barulho, muita confusão e o esforço para se integrar drenam rapidamente a energia de uma pessoa introvertida.

4.Comunica com facilidade e eficácia
Aqui está uma característica que diferencia os tímidos dos introvertidos. Enquanto os tímidos sentem pavor só de pensar em interagir e comunicar, os introvertidos fazem isso muito bem – desde que o assunto seja do seu interesse verdadeiro.

Alguns exemplos de introvertidos que se destacam quando se trata de comunicarem as suas convicções são J.K. Rowling, Emma Watson, Christina Aguilera, Bill Gates e Mahatma Gandhi.

5. Distrai-se fácilmente
As introvertidas têm uma tendência natural para se distrair facilmente se estão num ambiente com muitos estímulos sendo uma forma que a mente tem de se afastar da agitação. 


6. É mais atenta que a maioria das pessoas
Os introvertidos costumam observar detalhes que passam despercebidos a outras pessoas.. Porquê? Porque para fugirem aos estímulos do ambiente ao seu redor, focam-se inconscientemente em pequenos detalhes na busca de restabelecer seu equilíbrio mental.

7. Prefere uma carreira solitária
Os introvertidos preferem profissões que lhes possibilitem realizar tarefas de forma criativa e solitária, de forma a poderem abordar profundamente cada tópico.

Assim, carreiras que envolvem a escrita, a tecnologia e as ciências naturais são as preferidas dos introvertidos, pois elas proporcionam mais estímulos internos ao mesmo tempo em que são executas em ambientes menos agitados.


8. Adora estar sozinha – e sente que precisa disso
Mais do que apreciar a própria companhia, os introvertidos precisam de períodos a sós para recarregar sua energia.

Para as pessoas que têm esta personalidade, estar num ambiente muito agitado ou no meio de várias pessoas significa ficar sem energia aos poucos por muito que gostem das actividades ou das pessoas com quem estão. Por isso, os introvertidos sentem uma certa necessidade de passar algum tempo sozinhos e sossegados, a ver a sua série favorita, lendo ou mesmo dormindo a dormitar para restabelecer seu equilíbrio.

Ser introvertido tem vantagens, como ser-se bom ouvinte, ter uma inteligência emocional elevada e exercitar a sua criatividade!

Para quem esteja interessada em saber mais sobre o tema recomendamos a escritora Susan Cain, autora de um livro chamado Silêncio e de Poder Silencioso (mais dirigido aos Pais e Familiares de Crianças e Adolescentes com estas características).



Comentários