CAPSULAS DE CAFÉ COMESTÍVEIS?!

Um designer industrial de Singapura criou uma cápsula de café comestível, revestida de açucar. Uma ideia simples que pode alterar o impacto ambiental global e o desperdício proveniente das cápsulas de café.
O que distingue estas cápsulas das outras é o facto de serem totalmente comestíveis, graças ao seu invólucro em açúcar. Para esta criação, o designer Eason Chow, de 25 anos, inspirou-se nos doces revestidos de açúcar que comia em criança.

As cápsulas são feitas com um revestimento mais ou menos espesso consoante a quantidade de açucar que se desejar no café. Contudo, não há cápsulas disponíveis para quem gosta da bica sem açucar, já que todas são feitas de revestimento açucarado.

De acordo com o jornal Daily Mail, o produto está pronto para ser comercializado custando uma embalagem com 20 cápsulas  cerca de 5 euros e meio.


Para a utilização destas cápsulas, o jovem criou ainda a cafeteira 'Droops'. A máquina de café destaca-se por ser simples e de fácil manuseamento, com um design que aposta em “generosos cantos arredondados e que dá ênfase ao seu mecanismo de articulação”, explica Eason na sua página.


Na página do LinkedIn do designer, é possível verificar que, apesar da sua inegável juventude Eason Chow já arrecadou vários prémios, incluindo um Red Dot Award pelo seu projeto FireArc, um extintor de incêndios de utilização rápida.



Comentários