VIAJAR SEM PESO NA CONSCIÊNCIA | POR NUTRICIONISTA TERESA MARIANO

Tem programa para os próximos fins de semana que passe por viajar e está preocupada com a alimentação? Então isto interessa-lhe.
Com o aproximar de dois fins-de-semana que para muitas pessoas poderão ser prolongados e eventualmente de possíveis escapadinhas, por território nacional ou estrangeiro, não podemos deixar de dar algumas ideias para que não derrape nos cuidados com a alimentação. 

Antes de mais pense que o objectivo principal é aproveitar a vida e fazer destas viagens um momento de descanso, diversão e relaxe que lhe são característicos sem que as preocupações com a alimentação sejam impedimento de as fazer. 

Comece por se organizar em relação às refeições, este é o ponto-chave!

Antes de partir, faça um breve resumo das refeições que vai ter que fazer, de maneira a poder organizar-se naquilo que terá que levar ou adquirir durante a sua viagem. 

Regra básica é transportar sempre consigo pequenas refeições para que nada lhe falta e não atinja picos de apetite incontroláveis: pequenas marmitas, que para além de estarem na moda, são económicas. 

Idealmente deve optar por transportar alimentos que não necessitem de refrigeração, para garantir a segurança alimentar dos mesmos. 

Alguns exemplos que podem compor pequenos snacks: 
· fruta seca: ameixas, alperces, passas, tâmaras, figos, etc, sem açúcar adicionado de preferência;
· fruta fresca pouco perecível e que seja para consumir dentro de poucos dias, maçã e pêra, costumam funcionar; 
· frutos gordos (nozes, amêndoas, cajus…), opte por variedades sem sal; 
· fruta desidratada, algumas marcas Nacionais já apresentam uma variedade bem vasta de fruta desidratada e em doses individualizadas;
· barras de cereais, opte por versões com menor teor de açúcar e de gordura;
· bolachas em pacotes individualizados; 
· chocolate preto, com teor de cacau superior a 70%.
· queijos individualizados que não necessitam de refrigeração e por isso podem também ser uma alternativa a ponderar.

Outra solução passa por ir adquirindo produtos alimentares em mercearias ou mercados de rua, à medida que vai necessitando e aí já pode incluir alguns alimentos refrigerados, como sendo os iogurtes. A grande vantagem desta opção é aproveitar e ficar a conhecer alguns hábitos e produtos alimentares característicos das regiões que visita e poder até, quem sabe, trazer alguns para casa para oferecer ou para consumo próprio. 

Não deixe de aproveitar as esplanadas, praças ou parques características das diferentes cidades, fazer uma pausa e optar por merendar aí. Os mini piqueniques sabem sempre bem!

Quando chegar a hora do almoço ou do jantar tente manter as regras básicas da alimentação saudável. 

Caso não queria ingerir produtos hortícolas frescos sob a forma de saladas, por uma questão de higiene alimentar, opte por os ingerir cozinhados: sopas, salteados, cozidos, ao vapor, grelhados, são alguns bons exemplos. Opte por escolher refeições em que a confecção culinária pareça mais simples, sem ser necessário o recurso a muitos condimentos e molhos. Imaginando que irá fazer algumas refeições em modo fast food evite os fritos e os molhos e escolha opções com baixo teor em sal. 


Não deixe de provar a gastronomia da região, faz parte da cultura de cada País, no entanto tente escolher opções menos calóricas, para que não se sinta demasiado “pesado” durante o seu passeio.


Os doces tradicionais também podem e devem ser contemplados, opte por os ingerir junto das refeições principais e não isolados como pequenas merendas ao longo do dia. 


Uma boa solução passa por, escolher uma destas refeições principais, durante a estadia, em que vale tudo e aí atrever-se a provar e experimentar iguarias típicas da zona que visita. Arrisque e deixe-se levar pelas influências gastronómicas regionais. 


A bebida de eleição deverá ser sempre água as refeições, transporte-a também sempre consigo e vá mantendo os níveis de hidratação ao longo do dia. 


Aproveite para conhecer a região que vai visitar ou a cidade a pé, fazendo caminhadas, que podem menorizar os estragos de alguns desvios e sempre vai aproveitando para fazer actividade física.


Bons fins de semana, divirta-se e aproveite ao máximo as suas viagens. 







Teresa Mariano
Email: marianoteresa@gmail.com
Página de Facebook: aqui













Créditos da imagem de capa: pixabay.com/keulefm

Comentários