POUPANÇA NO SUPERMERCADO

Todas nós sabemos que um dos sítios onde se gasta mais dinheiro é no supermercado. Já aqui falámos de truques que podemos usar para evitar perdermos a cabeça com as promoções de produtos que na realidade nem precisávamos. Mas a verdade é que não somos só nós que usamos truques, os supermercados também os têm para neutralizar os nossos. Ora vejam alguns dos mais comuns ... 


1. CARRINHOS GRANDES

Quanto maior o carrinho menos coisas nos parece levarmos, não é assim? Pois, esta é das armadilhas mais eficazes e subtis que as grandes e médias superfícies têm. Por isso, e se não for o caso de estar a fazer as compras do mês, leve antes um cesto de rodinhas que assim evita o excesso de compras espontâneas ;) 





2. SUPER-PROMOÇÕES

Um dos maiores erros que cometemos quando vamos às compras é deixarmo-nos levar pela palavra mágica "Promoção". Quanto mais promoções existirem mais gastamos porque achamos que estamos a poupar numa coisa que nem precisamos ... 

Por isso e se achar que deve mesmo aproveitar siga os seguintes passos: 

  • Compare sempre o preço original do produto em promoção com o de outros produtos semelhantes e veja se esta é a melhor poupança; 
  • Verifique se estar a comprar em quantidade lhe vai ser útil no período que pretende ou se está a comprar em quantidade para depois não conseguir usar. 

3. ATENÇÃO REDOBRADA AOS CORREDORES DOS PRODUTOS
Os produtos de maior e constante consumo, como o leite, os ovos, o pão, esão na sua maioria nas zonas mais afastadas do supermercado, e não nas zonas centrais, obrigando a que o consumidor passe pelo meio dos corredores e pelas zonas de passagem para os ir buscar. Não é por acaso, mas sim uma forma de marketing (Martin Lindstrom, um dos oradores que trouxemos a Portugal fez uma conferência dedicada a estas técnicas) para vender os produtos que mais interessam vender. E quando damos por isso, já estão nos nossos carrinhos. Da mesma forma, não se esqueça que os produtos mais caros e/ou populares estão sempre à altura dos olhos pelo que não se esqueça de olhar para as prateleiras mais altas ou mais baixas ;) para possivelmente encontrar o melhor artigo do que procura ao melhor preço. 


4. ARTIGOS QUE "TÊM" SIMPLESMENTE DE ESTAR JUNTOS
Falemos agora da arte de dispor artigos nas prateleiras. O chá com os biscoitos de manteiga ao lado, o café com os quadradinhos de chocolate, as massas com os molhos que melhor lhe assentam ... coincidência?! Nada disso! É a combinação do que o nosso cérebro sabe e que os vendedores nos supermercados também! Solução: lista de compras!!!!  E ignore tudo o que não constar no papelinho amarrotado que levamos sempre mas que raramente seguimos!


5. DESCONTOS-FANTASMA
Já nos aconteceu mais que uma vez, e embora nos custe pensar que é propositado, a verdade é que é muita coincidência ... e como sabemos ... não há coincidências ;) Os supermercados confiam na nossa falta de atenção ao verificar a passagem dos artigos na caixa e o valor que aparece no ecrã (e não é por acaso que normalmente estamos nós a colocar as compras nos sacos). Antes de pagar, faça uma estimativa do valor que será cobrado, especialmente se leva artigos que estão em promoção. Pode dar-se o caso do scanner da caixa registadora não reconhecer a promoção em vigor e portanto, não a assumir, ou pode ainda acontecer que o artigo que trouxe a pensar que estava em promoção, afinal não ser esse mas sim o que estava imediatamente ao lado - e uma vez na caixa, é tarde para voltar atrás. Aborrecido mas conveniente, não é?


Têm mais alguma dica? Contem-nos!



Créditos da imagem: pixabay.com/Alexas Fotos

Comentários