PEQUENO ALMOÇO - A PRINCIPAL REFEIÇÃO DO DIA


O pequeno almoço é considerado a refeição mais importante do dia e sabem porquê? 
Porque a primeira refeição da manhã é o carregador das baterias orgânicas, sobretudo das células cerebrais. 
As crianças que não tomam o pequeno-almoço apresentam menores níveis de atenção, têm mais dificuldade em concentrar-se e não julguem que aos adultos não acontece o mesmo. Um bom pequeno-almoço fornece uma porção considerável de substâncias nutritivas (dificilmente recuperáveis ao longo do dia, se for esquecido) e aumenta os níveis energéticos, permitindo uma melhor atitude face à escola ou ao trabalho. 
Mesmo sabendo a importância desta refeição, há muitas pessoas que não o tomam por diversas razões, sendo as mais comuns a falta de tempo devido às correrias da manhã, falta de apetite logo ao acordar ou o facto de estarem a tentar controlar o seu peso. 

Em relação à perda de peso, a verdade é que se o pequeno-almoço não for tomado, entra-se num período de jejum de 14 horas ou mais, provocando uma diminuição do metabolismo, na tentativa do organismo preservar as suas reservas de energia. 
O pequeno-almoço quebra o jejum e aumenta drasticamente o metabolismo. Se se saltar esta refeição está a contribuir-se para conservar energia. Ao conservar energia não se consegue perder peso. 

Além disso, quem não come ao acordar ficará com muito mais fome ao longo da manhã, sendo atraído por alimentos mais calóricos e comendo, geralmente, mais. 

Ficam aqui algumas sugestões da Associação Portuguesa de Nutricionistas para o pequeno almoço dos mais jovens e menos jovens: 


 




Créditos do video: Associação Portuguesa de Nurticionistas
Créditos da imagem de capa: pixabay.com/jill111

Comentários