CONCURSO CHEFE COZINHEIRO DO ANO

Estão abertas as inscrições para a 29.ª edição do concurso Chefe Cozinheiro do Ano. Com o objectivo de encontrar o próximo Chefe Cozinheiro do Ano, o concurso nacional procura reunir e valorizar cozinheiros profissionais, em exercício da sua actividade, que brilhem na confecção e preparação de pratos que remetam à Portugalidade e tradição, através da utilização de produtos fornecidos pela Makro Portugal.  Este é destinado a todos os profissionais de cozinha residentes em Portugal, com idade superior a 25 anos ou mais de cinco anos de experiência profissional comprovada. 
Em busca de talentos da gastronomia nacional, com o apoio da Makro Portugal que irá fornecer produtos das suas marcas próprias e o prémio para o vencedor. 

As inscrições estão abertas até 8 de Março 

Segundo Isabel Caeiro, Responsável de Comunicação da Makro Portugal, “Todos os anos, é com grande ansiedade e entusiasmo que aguardamos pelo início deste concurso que tanto tem marcado a gastronomia nacional e os cozinheiros que nele participam. Esperamos que, mais uma vez, a aesão seja grande e que os participantes nos brindem com pratos inovadores, e que representem os produtos nacionais, assim como a gastronomia portuguesa, como tem sido habitual.” 

Para Luís Gaspar, Chefe Cozinheiro do Ano 2017, “Ganhar o CCA foi algo que ambicionava há já muito tempo. Sinto-me muito honrado em fazer parte de um lote restrito de chefes que ganhou o concurso. É um momento de consagração e uma etapa muito, muito importante na vida de um chefe.” 

Após a fase de inscrições, a competição continua com os concursos regionais onde os concorrentes apurados terão de desenvolver, ao vivo, um menu composto por uma entrada, prato de peixe, prato de carne e principal, sobremesa e, por fim um prato tradicional de tacho ou forno, num tempo máximo de 6 horas e 40 minutos. 

Nesta segunda fase que irá apurar os melhores concorrentes das regiões Norte/Centro, Lisboa, Sul/ Ilhas para a final nacional, será valorizada a inovação e aplicação de novas técnicas que enriqueçam um menu de raiz tradicional portuguesa. 

O júri será composto por Nuno Mendes, chefe de cozinha dos restaurantes Chiltern Firehouse e Taberna do Mercado, em Londres, António Bóia, diretor técnico, Helmut Ziebell, júri honorário e Orlando Esteves, embaixador da competição. 

Numa competição que já conheceu vencedores como os chefes Luís Gaspar, Rui Martins, João Rodrigues, Vítor Matos, Henrique Sá Pessoa, entre outros, destaca-se ainda o prémio de 1.000€ atribuído pela Makro ao vencedor. 

Esta é a 29.ª edição do Chefe Cozinheiro do Ano, que acontece desde 1990, e que é actualmente a maior competição nacional de cozinha para profissionais. 


As inscrições podem ser feitas aqui

Sobre a Makro: 

A Makro, filial portuguesa do grupo alemão Metro, é uma empresa líder na distribuição grossista, que vende na sua maioria produtos alimentares e não alimentares. A Makro presta um serviço global e integrado que vai ao encontro das necessidades de abastecimentos dos profissionais de restauração, hotelaria e similares, retalhistas alimentares e não alimentares, instituições, associações e fundações (públicas e privadas), empresas e empresários da indústria e serviços e ainda profissionais liberais e por conta própria. 

A Makro está presente em Portugal desde 1989 e conta atualmente com 10 lojas nos principais centros económicos e urbanos do país e com cerca de 941 colaboradores. No ano fiscal 2015/2016 a Makro faturou 345 milhões de euros. A nova estratégia da Makro traduz-se na especialização da empresa no canal HoReCa, tendo sido revisto todo o processo de experiência de compra nas suas 10 lojas em território nacional, no que se refere a fatores chave como flexibilidade, qualidade, preço e rapidez, de forma a oferecer um serviço personalizado e mais ajustado às necessidades dos clientes. 

Mais informações em www.makro.pt

Sobre a METRO: 

A METRO é especialista internacional líder em comércio grossista e retalho alimentar. A empresa opera em 35 países e emprega mais de 150.000 pessoas em todo o mundo. No ano fiscal de 2015/2016, a METRO gerou vendas de, aproximadamente, 37 mil milhões de euros. A empresa fornece soluções personalizadas de forma a responder às necessidades regionais e internacionais dos seus clientes. Com as suas marcas de vendas METRO/MAKRO Cash & Carry e Real, assim como com os serviços de entrega e iniciativas de digitalização, a METRO define os seus padrões para o futuro: foco no cliente, soluções digitais e modelos de negócio sustentáveis. A METRO/MAKRO Cash & Carry tem operações em 25 países, com mais de 750 lojas grossistas. No ano fiscal 2015/16 gerou vendas de cerca de 30 mil milhões de euros. Mais informações em www.metroag.de



Comentários